Carregando...
JusBrasil - Perfil
27 de fevereiro de 2015

Gustavo Borceda

advogado   •   Porto Ferreira (SP)  

Advogado.
ADVOGADO Autor Comentarista

Enviar Mensagem Endereços

Endereços

Rua Indalécio Resende nº 154
CEP: 13660000
Porto Ferreira (SP)

Empresas

Empresas

  • Escritório próprio

Recomendou este documento e mais 2 ações,

Recurso Ordinário: RO 1936620115040010 RS 0000193-66.2011.5.04.0010

REMUNERAÇÃO PARA FINS RESCISÓRIOS.  DIFERENÇAS. Na apuração do valor devido a título de maior remuneração mensal para cálculo das verbas rescisórias, devem ser computados todos valores de natureza salarial pagos no período final do contrato de trabalho, incluindo as diferenças de horas extras deferidas na ação.  
Recomendou este comentário,

A nova ação revisional do FGTS - Suspensão do trâmite das ações pelo STJ

"Caro Gustavo,
Entendo que a política da DILMA/LULA que colocaram a maioria absoluta no STF e STJ, tem cartas na manga para empurrar a ação por mais 10 anos, a exemplo do plano collor e passar o fumo para o próximo presidente do Brasil.
Mas, acredito que se não ingressarmos com as ações, em breve irão soltar uma jurisprudencia vinculante ou lei para dar prescrição aos que não ingressaram com a ação nos últimos 5 anos, cassando os 30 anos que é jurisprudencia e não lei.
Portanto, ainda que não tenhamos sucesso lá na frente, temos de ingressar com as ações para garantir a expectativa altíssima de direito,a exemplo da decisão dos precatórios concedida pelo STF.
Sei que a questão é também política, pois o PAIS está na lona e isso poderia impactar a CEF, mas por questão de justiça nada impede que amanhá se faça um acordão de parcelamento do débito perante a CEF.
Creio que devemos pressionar o judiciário que está em total descrédito na altíssima corte,é uma vergonha e decepção, tudo lá tem sido decisões políticas e na maioria atendendo o reclame do governo e dos empresários com suas influências e de políticos principalmente, pois devem favores aos mesmos em face à nomeação da PRESIDENCIA DA REPÚBLICA,nada passa sem os políticos apadrinharem.
Por isso, entendo que a indicação para MINISTROS do STF, STJ, TRTs e TRF devem ser dos seus pares julgadores, evitando-se a dependência e subserviência dos MINISTROS AO PODER EXECUTIVO E JUDICIÁRIO, o único que foi contra o esquema pediu aposentadoria e sofreu ameaças na vida.
PORTANTO, vamos exercer nosso direito como advogados e movermos ações e o judiciário que se lasque em manter os arquivos em dia, pois o STJ e STF são morosos e fazem parte do esquema judiciário, sendo a maior corte que era acreditada e hoje baleada e suspeita.
Gostaria de pedir a sua gentileza em refazer a petição, cortando excessos, de forma que a mesma fique com 5 a 6 laudas, pois a matéria é de conhecimento público geral e de repercussão nos termos do entendimento da alta corte.
Se não quiser fazer e nos enviar, irei fazer e ingressar, pois não podemos esperar, temos de apertar. Se perder vamos recursar, nos tribunais, STJ/STF.
Abraço, tenho voce como nosso líder no assunto, sendo o que mais marcou gol e nos informou de forma aberta e cavalheira. Tamos juntos. Welber Nery Souza-"
Recomendou este documento e mais 3 ações,

AGRAVO DE INSTRUMENTO EM RECURSO DE REVISTA: AIRR 3976620105040521

AGRAVO DE INSTRUMENTO. RECURSO DE REVISTA. INDENIZAÇÃO POR DANO MORAL. PROVA DO DANO MORAL. DESNECESSIDADE. DANO MORAL IN RE IPSA. U ma vez reconhecida, de modo conclusivo, a culpa do réu pelo evento danoso, ante a negligência na adoção de medidas de proteção à saúde e à segurança a que estava obrigado por lei, bem como o dano sofrido e o nexo causal - elementos ensejadores da reparação pecuniária -, não há falar em necessidade de prova do dano moral , visto que esse ocorre - in re ipsa -, ou seja, o dano é consequência direta da conduta ilícita ou antijurídica do empregador, do que deriva a responsabilidade de reparar o prejuízo extrapatrimonial causado.  Não desconstituídos os fundamentos do despacho denegatório, não prospera o agravo de instrumento destinado a viabilizar o trânsito do recurso de revista. Agravo de instrumento conhecido e desprovido.

ou

×

Fale agora com um Advogado

Oi, está procurando um advogado ou correspondente jurídico? Podemos te conectar com Advogados em qualquer cidade do Brasil.

Escolha uma cidade da lista
Disponível em: http://gustavoborceda.jusbrasil.com.br/